O que são manhwas e webtoons? Introdução aos quadrinhos coreanos.

19:01:00


E ai galera, de boas?

Você por acaso já se deparou com a palavra manhwa? E quanto a webtoons? Hoje irei tentar esclarecer as dúvidas mais comuns que surgem para aqueles que não estão acostumados com estas nomenclaturas e com o que elas abordam. Primeiramente, o que exatamente é um manhwa?

De acordo com o significado original da palavra, manhwa é o termo coreano geral utilizado para denominar revistas em quadrinhos. Ou seja, é como o povo da Coréia do Sul se referia a qualquer história em quadrinhos, sendo basicamente a palavra correspondente de "mangá" para os japoneses, "manhua" para os chineses, e "comics" ou "cartoons" para os países com o inglês como língua oficial. Hoje em dia, manhwa é como chamamos, fora da Coréia, qualquer história em quadrinhos de origem exclusivamente coreana, como também acontece com as obras japonesas (mangás) e chinesas (manhuas). 

Com o tempo, desde sua primeira criação, o mundo dos manhwas recebeu forte influência ocidental, e foi transformando-se de acordo como a cultura moderna coreana foi se desenvolvendo. A partir de 2003, ficaram conhecidas no mundo da internet as webtoons, termo coreano para o que conhecemos como webcomics, que são histórias em quadrinhos normalmente criadas em forma digital e distribuídas exclusivamente via internet, ao invés de versões impressas. Um exemplo famoso é a série Homestuck.


Basicamente, webtoons são manhwas, já que encaixam-se na categoria de "histórias em quadrinhos coreanos", porém só podem ser acessados por meio da internet. Hoje em dia, muitas pessoas tem dificuldades em diferenciar os termos devido ao quão famosas as webtoons ficaram, e acabam por chamar "webtoons" de forma geral de "manhwas", o que não deixa de ser válido. Ainda assim, lembrem-se de que webcomics com estilos semelhantes não referem-se sempre a obras coreanas ou asiáticas, sendo que podem ser criadas por qualquer um em qualquer lugar do planeta. Já irei avisando que basicamente qualquer obra citada daqui para frente serão webtoons coreanas, sendo que nunca cheguei a ler um manhwa que tenha sido realmente impresso. Um exemplo de título originalmente vendido em banquinhas é Love like Crazy, retratado na imagem acima, com um estilo bem semelhante a de um mangá.

Devido ao fato de obras coreanas acabarem não ocupando tanto espaço na mídia mundial, grande parte do globo acaba por classificar, erroneamente, todas as produções asiáticas (chinesas, filipinas, tailandesas, coreanas) como Japonesas. Tenho certeza que muitos de vocês conhecem títulos de muitos deles, porém nunca tiveram ideia de que tratam-se de manhwas. Um exemplo é Girls of the Wild, em 24º lugar na lista de ouro do MangaFox, um manhwa muito famoso que é geralmente confundido por mangá. Além disso, temos também a recentemente lançada animação RELife, que fora adaptada do manhwa de mesmo nome.


Apesar de, teoricamente, manhuas, mangás e manhwas terem o mesmo significado etimologicamente falando, o fato de suas origens serem diferentes faz com que a cultura, modo de vida, palavras específicas e outros fatores exclusivos de cada país retratados em suas obras criem um conjunto único, que não deve ser misturado sem diferenciação. Se analisarmos bem, existem diferenças sim, das mais gritantes as mais diminutas, em cada uma das categorias. Algumas características exclusivas das webtoons (comuns de serem encontrados, mas que não são regras, acredito eu), que fazem com que diferenciem-se dos mangás, por exemplo, são as diferentes posições e formatos, além de grandes espaços brancos/vazios entre cada bloco, imagem, ou balão dos capítulos, como podemos ver aqui, por exemplo. E ainda, manhwas geralmente são longos verticalmente (o que nos faz ler de cima para baixo ao invés de um lado para o outro) e publicados por artistas amadores e autônomos, muitas vezes sem fins lucrativos.

Além disso, normalmente, os webtoons, tem uma ambientação mais simples, moderna e clean, apesar de também existirem aqueles cheias de detalhes. Enfim, podemos encontrar webtoons de todos os tipos, com diferentes modelos de narrativa e arte, de acordo com a preferência dos autores, sendo este um dos fatores que os tornam tão incríveis. Os manhwa, ou webtoons, assim como qualquer outra obra em quadrinhos, possuem tipos diferenciados de gêneros, como ação, aventura, drama, romance, entre outros.


Adaptações de manhwas podem ter sido feitas para animações, como é o caso de RELife, citado anteriormente. Porém, em sua grande maioria, são voltadas para o mundo dos dramas. Alguns famosos exemplos de K-dramas feitos a partir de manhwas são Tamra the Island, Full House e Goong (a.k.a Princess Hours) e outros vindos de webtoons são Orange Marmalade e o queridinho dos últimos tempos, Cheese in the Trap (a maioria deles podem ser encontrados no DramaFever, inclusive).

Um dos primeiros webtoons a ficar bem famoso nos últimos anos fora Nineteen, Twenty One, que se destacou em uma época em que quase ninguém conhecia e/ou sabia da existência das obras coreanas. Também, recentemente, algumas imagens dos manhwas 19 Days e Tamen de Gushi causaram um alvoroço na internet (eu os conheci por meio destas imagens no facebook, inclusive) devido a sua fofura e estilo diferenciado, que lembra-nos mais aos cartoons do que a mangás, algo dentro do comum se tratando de "web cartoons". Esses títulos em especial fez com que mais e mais pessoas despertassem um certo interesse e corressem atrás de outras obras do tipo.


Para finalizar, não poderia deixar de falar brevemente sobre outros títulos que ainda não foram citados por aqui, alguns famosos e outros nem tanto. Annarasumanara e Noblesse estão no topo da lista de mais queridos manhwas do MyAnimeList, e por mais que não estejam dentro do foco do blog, ou seja, não tenham o romance como assunto central, recomendo-os para aqueles que estão começando agora neste mundinho. 

Obras que podem ser encontradas facilmente no MangaFox são Our Relashionship is..., Cherry Boy That Girl We Are So Over, que valem a pena receber uma atençãozinha extra. Siren's Lament e Where Tangents Meet, ambos criados pela InstantMiso podem ser encontrados no Webtoon, e Imitation no Spotton. Se você não tem ideia do que eu esteja falando, não se preocupe, pois irei fazer uma postagem inteirinha dedicada a sites voltados para a publicação de webtoons em breve.

Postagens Relacionadas

2 comentários

  1. Hey yo~~~~~~~

    MDS! Calma! Não brinca com meu kokorassaunzin é um Manhwa! '0'
    Mas antes... eu não tinha a mínima ideia do que era Manhwa. Webtoons eu já conhecia (acompanhava algumas obras, etc~), mas em relação às artes coreanas nunca... Mas que bacana! Achei muito legal a postagem de hoje. A partir de hoje então vou começar a caçar Manhwa pra ler haha, porque depois de ter lido e visto ReLIFE, fiquei super animada! <3

    Amei o post!! Muito bom, parabéns!
    Chu~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLAR!

      Espera ai, está falando de qual exatamente? Fiquei confusa! ⊙△⊙ dksjkdj

      Sério? Nossa, fico tão feliz de saber que gostou! Viu só, MonoLove é cultura pura kdjskjd
      Então, na verdade, eu descobri esses dias que ReLIFE é Japonês... continua sendo um Webtoon, mas não é coreana não, opa! dkjskdj

      Obrigada! <3
      Beijinhos <3

      Excluir

Copie os kaomojis abaixo e enfeite seu comentário!

(^▽^)(`・ω・´)” (⌒▽⌒)☆ (*´・v・) ヽ(*≧ω≦)ノ (*≧▽≦) (◕‿◕✿) (◡‿◡✿) ⊙▽⊙ ⊙△⊙ ⊙ω⊙ (ღ˘⌣˘ღ) ✿♥‿♥✿ ఠ_ఠ (-_-)ゞ゛ ╮(─▽─)╭ \(//*∇*//)\ (⊙﹏⊙✿) ⊙︿⊙ (T▽T) (¬、¬) ㅇㅅㅇ (╯3╰) (〜 ̄▽ ̄)〜 (・∀・) (*≧▽≦)ノシ)) \( ̄□ ̄)\ ☆ミ(o*・ω・)ノ ヾ(^∇^)

Acompanhe-nos

Parceiros

     
  Dddoce-Anime -   Otakada -     http://recomendacoes-de-animes.blogspot.com.br/         Armazém de uma Otome -