Review — Ookami Shoujo to Kuro Ouji filme Live-Action

15:15:00


Olá galerinha, como estão?

Quando tive a ideia de criar este bloguinho a alguns anos atrás eu realmente planejava falar apenas sobre mangás por aqui. Contudo, como é de se esperar se tratando de mim, eu nunca consigo parar quieta em apenas um assunto. Então hoje iremos falar de filmes, uma live action, para ser mais precisa. Sei que ando falando bastante de Ookami Shoujo por aqui, sendo que minha última postagem também mencionava o mangá, porém eu não podia conseguir deixar de comentar a respeito deste filminho que assisti recentemente.

Para aqueles que estão por fora, uma adaptação live-action para o cinema a respeito do mangá e anime fora lançado no final de maio deste ano (2016). A história do filme segue o mesmo enredo que já conhecemos, e conta com a participação de Fumi Nikaido e Kento Yamazaki dando vida aos protagonistas. Inclusive, notei que Kento está sendo um dos atores queridinhos das produtoras nestes últimos anos, sendo que além de interpretar Kyoya, este também fora o ator por trás dos protagonistas de Another, Death Note, L-DK, Heroine Shikkaku, Orange e Your Lie in April. É, como podemos ver, ele protagonizou basicamente todas as últimas adaptação de mangás shoujo para o cinema. O garoto não é fraco não, queridos.


Já no ínicio do longa podemos perceber a similiaridade de acontecimentos para com o mangá, e em quase todos os momentos o filme segue uma linha de raciocínio fiel a história original. Porém, como nada é perfeito neste mundo, existem, sim, cenas que foram alteradas. Um exemplo é o fato de o personagem que finge gostar de Erika achando que ela era a real namorada de Kyouya não é Yoshito Kimura, como acontece no manga, mas sim Kamiya, um personagem que apareceria posteriormente na história. Contudo, as alterações feitas no enredo foram muito bem pensadas e representadas, e os acontecimentos adicionais muito bem encaixados na obra. Ou seja, até mesmo para mim, que conhecia a história pois já havia entrado em contato com o mangá e anime, acredito que as modificações feitas pela produção de nada afetou o cerne da história, e fluiu de forma harmoniosa para com o contexto.

Os atores fizeram um trabalho excepcional, com destaque para nosso lindo Kento. Além de usar e abusar de seu rostinho charmoso e voz sedutora, imagino o quão difícil deva ser representar de forma tão semelhante uma personalidade marcante como a do Kyoya. Admito que cheguei a assustar-me com o Sata em certas cenas, sendo que no filme a maneira como este trata Erika parece, de certa forma, muito mais "pesada" e inadmissível comparada com a maneira como vemos o relacionamento dos dois no mangá. Eu sinceramente tive vontade de chutar esse garoto e dar todo o meu carinho a Erika.

Cada personagem fora represenando da exata mesma forma na qual já conheciamos, sem por nem tirar. O filme foca nos acontecimentos ao redor de Kyouka e Erika, deixando os personagens secundários e suas histórias particulares de lado, algo compreensivel devido ao pouco tempo de exibição disposto. Eu apenas senti um pouco de falta do Takeru durante o filme, sendo que este não teve quase nenhuma presença se comparado com San-chan, Tezuka, Marin, Kamiya, Reika e Kusakabe-kun. Inclusive, de quem foi a ideia de colocar um fucking óculos no garoto??? Achei totalmente desnecessário. E cade a franjinha emo???


Quanto a produção e toda a questão cinematográfica, a live de Ookami Shoujo realmente me impressionou. A maneira como a maioria das cenas são claras, iluminadas e clean torna toda a ambientação admirável. Pode-se notar a atenção e preocupação aos detalhes e cenários, e mesmo que não possamos categorizar a obra ao nível das produções hollywoodianas, conseguimos ver claramente que não foram medidos esforços para tentar criar algo agradável de se assistir.

Apesar de eu acreditar que o posicionamento das câmeras diferente do usual em vários takes foram o grande diferencial do filme, este pode também ter sido o local onde a produção tenha criado problemas. Em grande parte das cenas, as câmeras ficaram extremamente afastadas do rosto das personagens, sendo que muitas vezes fomos obrigados a olhar para o cenário e apenas imaginar que tipo de expressões os atores estariam fazendo. Acredito que isto tenha criado um distanciamento entre a obra e o telespectador, sendo este o único erro da produção.

A suavidade da trilha sonora encaixa-se perfeitamente em cada cena, sendo que os momentos sonorizados e "silenciosos" são divididos e distribuímos na medida certa. O desenvolvimento também ocorre naturalmente, sem apreços ou enrolações, fazendo com que nem notemos o passar dos minutos.

Devido ao fato das live actions de mangás shoujos nunca serem lá grande coisa, eu sinceramente não havia depositado minhas esperanças em Ookami Shoujo. Contudo, de maneira geral, a obra superou de forma surpreendente minhas expectativas iniciais. Eu sinceramente recomendo o filme, que está disponível legendado no Dopeka, inclusive.

Postagens Relacionadas

0 comentários

Copie os kaomojis abaixo e enfeite seu comentário!

(^▽^)(`・ω・´)” (⌒▽⌒)☆ (*´・v・) ヽ(*≧ω≦)ノ (*≧▽≦) (◕‿◕✿) (◡‿◡✿) ⊙▽⊙ ⊙△⊙ ⊙ω⊙ (ღ˘⌣˘ღ) ✿♥‿♥✿ ఠ_ఠ (-_-)ゞ゛ ╮(─▽─)╭ \(//*∇*//)\ (⊙﹏⊙✿) ⊙︿⊙ (T▽T) (¬、¬) ㅇㅅㅇ (╯3╰) (〜 ̄▽ ̄)〜 (・∀・) (*≧▽≦)ノシ)) \( ̄□ ̄)\ ☆ミ(o*・ω・)ノ ヾ(^∇^)

Acompanhe-nos

Parceiros

     
  Dddoce-Anime -   Otakada -     http://recomendacoes-de-animes.blogspot.com.br/         Armazém de uma Otome -